Fluminense deve dispensar Marcelo Oliveira na segunda

A diretoria do Fluminense não confirma, mas perdeu a paciência com o técnico Marcelo Oliveira. O treinador vinha sendo poupado pois os dirigentes entendiam que os problemas extra-campo, com o atraso salarial, vinham prejudicando o rendimento do grupo. Porém, a forma como a equipe se comportou na derrota de 2 a 0 para o Atlético-PR, na noite de quarta-feira, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), causou revolta. O Tricolor foi eliminado na Copa Sul-Americana e completou a oitava partida consecutiva sem vencer e sequer marcar um único gol.
Dirigentes e conselheiros começaram a pressionar o presidente Pedro Abad após a partida, com alguns cobrando a demissão do técnico antes mesmo da partida decisiva de domingo contra o América-MG, às 17h(de Brasília), também no Maracanã, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor, com 42 pontos, precisa pelo menos de um empate para não depender de outros resultados na luta contra o rebaixamento. Porém, isso só deverá acontecer na segunda-feira.
Uma das principais críticas ao trabalho de Marcelo foi a opção pelo esquema com três zagueiros em um jogo que o time deveria vencer por dois gols de diferença. Além disso, a improvisação de Jadson como lateral-direito, com Léo começando o jogo no banco,e a barração do atacante Everaldo irritaram a muitos nas Laranjeiras.
“Nós optamos por três zagueiros e um volante para dar sustentação ao time, que não ficaria exposto a contra-ataques. Além disso, poderia atacar com dois alas e com o Sornoza, Marcos Júnior, Júnior Dutra e Luciano. Cinquenta e quatro times jogaram a Copa Sul-Americana e ficamos entre os quatro. Após o jogo contra o Nacional do Uruguai se criou uma expectativa muito grande. Mas temos que ver méritos no Atlético Paranaense que joga junto há muito tempo”, disse Oliveira.
O treinador evitou falar de 2018, mas procurou tirar um pouco da própria responsabilidade. “Todos na diretoria acompanham treinos, palestras, a organização do time. Sabem do meu trabalho e estão avaliando sempre ele. Técnico no Brasil necessita de resultado. Mas nem sempre os resultados dependem só do técnico. Vamos aguardar”, disse Oliveira.
Provavelmente com Marcelo Oliveira no comando o Fluminense volta a treinar nesta sexta-feira pela manhã, quando ele vai definir a escalação para o duelo contra o América. No sábado uma atividade pela manhã fecha a preparação e dá início ao período de concentração.